miratecarts

Learn More...

Arte na Madalena

ROTEIRO DE ARTE PÚBLICA * PUBLIC ART ROUTE

 
 

Flora Azorica

Rocio Matosas (Uruguai) voltou pela terceira vez à ilha para realizar FLORA AZORICA (2015) pintando flores endémicas dos Açores no Jardim dos Maroiços.
 

The Last Atlantean

Guilherme Gamito (Alentejo, Portugal) realizou uma narrativa de 4 painéis na entrada do norte do Jardim dos Maroiços na Madalena, que deu pelo título de The Last Atlantean (2015).
 

The Farm

São mais de 50 mini-esculturas de barro pintado que Sancho C (Pico, Açores) colocou no rochedo na zona da Barca, Madalena, e deu pelo nome "The Farm" (2015). A natureza já tomou conta da instalação efémera...
 

Dea Della Montagna

Enea Mangili (Itália/Suiça) visitou a ilha para o Montanha Pico Festival e criou esta deusa para proteger a montanha. Dea Della Montagna (2015) pode ser encontrada nas paredes da doca da Madalena.
 

Pico Poseidonis

Mérce de Rande (Galicia) visitou a ilha do Pico para o Montanha Pico Festival e deixou sua experiência nas paredes da doca da Madalena nesta pintura intitulada "Pico Poseidonis" (2015).
 

Guardião da Montanha

Rocio Matosas (Uruguai) voltou pela segunda vez à ilha montanha para realizar uma escultura jardim com materiais achados e sapatos velhos fornecidos pelas pessoas da ilha. Localizada no centro do Jardim dos Maroiços, esta a primeira escultura artística de arte pública, realizada na vila da Madalena durante o primeiro Montanha Pico Festival, foi intitulada "Guardião da Montanha" (2015). fotos
Visite o site da artista www.rociomatosas.com
 

Nascentes de Lava

Nascentes de Lava por Djervy, foto de Jaime deBrum
Na fachada da Cooperativa Vitivinícola da Ilha do Pico (Areia Larga, Madalena) 5 painéis de arte alusiva à vitivinicultura intitula-se "Nascentes de Lava" (2014), realizado por Djervy (Pico, Açores). +fotos

 

Djervy Santos formou-se em Design de Ourivesaria no Porto (CINDOR). Representou diversos eventos incluindo Euroskills, Porto Jóias (Exponor), Arop, Cindor, estando entre as maiores influências do mundo da ourivesaria nacional e outras correntes artísticas. Vencedor de concursos a nível nacional incluindo Águas Serra da Estrela. Desenhos publicados nas revistas Maxi Tuning e Magik Tuning, e é o criador do logotipo da Escola Secundária de São Roque do Pico e do mural gigante no Parque de Campismo da Madalena realizado no primeiro Azores Fringe. Agora tem a adicionar "Nascentes de Lava", este na fachada da Adega Cooperativa Vitivinicola da Ilha do Pico. Com um talento multifacetado, Djervy executa os mais diversos trabalhos incluindo pintura, escultura, desenho, grafitti e scrimshaw. Seus trabalhos estão espalhados um pouco por todo o mundo desde os Açores à cidade do Porto, Itália ao Canadá.

 

Baco

Rocio Matosas (Uruguai) realizou o maior mural pintura nos Açores. Com 120 metros de cumprimento, "Baco" (2014) está localizado nas paredes exteriores do campo de futebol, Estádio Municipal da Madalena. Mitologia em celebração dos 10 anos de Património Mundial da Paisagem da Cultura va Vinha da Ilha do Pico. +fotos
Visite o site da artista www.rociomatosas.com
 
Baco (Rocio Matosas) foto Jaime deBrum
 

A Picarota

Na entrada do norte do Jardim dos Maroiços, no centro da vila da Madalena, encontra-se a pintura interativa do luso-francês Carlos Farinha (França-Lisboa), intitula-se "A Picarota" (2014).  +fotos
Visite o artista www.carlosfarinha.com
 

Waiting for Camille

As personagens são animais na fachada da WC atrás da Câmara Municipal da Madalena. Esta foi a segunda intervenção do artista Luis Brum (Terceira, Açores) na vila da Madalena e é intitulada Waiting for Camille (2014). www.luisbrum.com
 

sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria

Ruben Ferreira (Pico, Açores) liderou uma semana de artes para os mais novinhos durante as férias de verão. Entre as várias atividades "sempre imaginei que o paraíso fosse uma espécie de livraria" (2014) nasceu na casa atrás da biblioteca.
 

Titans do Mar

Luis Brum (Terceira, Açores) criou "Titans do Mar" (2014) na fachada do Museu de Cachalotes e Lulas, localizado no Estádio Municipal da vila da Madalena. +fotos

 

 

"a cor do talento"

Campo de Ténis no Parque de Campismo da Madalena encontra-se "a cor do talento" (2013) realizado por Djervy (Pico, Açores).
 

La Muse Bleu... L´amuse bleu

No Jardim dos Maroiços no centro da vila da Madalena encontra-se "La Muse Bleu... L´amuse bleu..." do luso-francês Carlos Farinha (França-Lisboa).
Visite o artista www.carlosfarinha.com
 

Homenagem aos Barcos de Outros Tempos

No antigo porto da vila da Madalena encontra-se esta "Homenagem aos Barcos de Outros Tempos" (2013) realizado pela Inês Ribeiro (Leiria-Terceira) com a participação dos jovens do Centro de Atividades Ocupacionais (Santa Casa da Misericórdia).
 

Ária de Fogo

Zara Diniz (Toronto, Canadá) elaborou esta fantasia ÁRIA DE FOGO (2015) à entrada da doca do porto da Madalena. www.zaradiniz.com
 

uma memória de som e mar

Na doca da Madalena, Sérgio Sequeira (Lisboa, Portugal) deixou sua marca com UMA MEMÓRIA DE SOM E MAR (2015).
 

Portugal2

Portugal2 (2015) é a primeira obra mural do jovem Duarte Neves (Pico, Açores).
 

Paisagem no Mar

Inês Ribeiro (Leiria-Açores) iniciou mais uma intervenção na Madalena, desta vez na doca, depois de dinamizar o porto velho, intitulando PAISAGEM NO MAR (2015).
 

No Mundo da Lula

NO MUNDO DA LULA (2015) é a primeira obra da Verónica Melo (São Miguel, Açores) para o roteiro de arte pública na Madalena. Localizada na Areia Larga, adjacente ao Restaurante O Petisca.
 

Quem me dera

QUEM ME DERA (2015) é a primeira obra do Coletivo Nora (Águeda, Portugal) nos Açores.
 

coletivo

Encontro de Ilustradores 2015 viu vários artistas se juntarem para falar artes e depois deixar suas marcas na doca da Madalena.
 

PATHS

PATHS (2015) criado por Paulo Ávila Sousa (Terceira. Açores) dinamizando baldes do lixo no Jardim dos Maroiços.
 

Polvo Tricrochet

Um projeto comunitário com a participação de 50 mulheres da ilha do Pico e além... Polvo Tricrochet (2015) está na entrada da doca da Madalena.
 

Choose Your Plate

Daniela Melo (São Miguel, Açores) estreia em pinturas de murais com CHOOSE YOUR PLATE (2015), uma intervenção de crítica social para todos verem na doca da Madalena.
 

Sorrisos de Pedra

O início de um roteiro de SORRISOS DE PEDRA (2015) por Helena Amaral (Pico, Açores) mostra esculturas da pedra da ilha montanha em várias localidades desde o Jardim dos Maroiços à MiratecArts Estádio Municipal e várias localidades do Parque Natural da Ilha do Pico.
 

Vento Diatónico

Elena Valsecchi (Itália) e Laurent Geoffroy (França) criaram uma sinergia de música e pintura na sua visita à ilha do Pico, deixando esta obra na doca da Madalena: Vento Diatónico (2015).
 

Os Picarotos

Na fachada da Rádio Pico, Teresa Rego (Porto, Portugal) através de rostos deixou a sua marca "Os Picarotos" (2015).
 

Encontro

Paulo Neves (Porto, Portugal) "Encontro" (2015) é uma escultura na zona da Barca, adjacente ao Cella Bar.
 

Música nos Corações

"Música nos Corações" (2015) de Ana Paxeco (Lisboa, Portugal) homenageia o bailo popular tradicional da ilha do Pico, a Chamarrita, e localiza-se na parede do sul da Casa do Povo da Madalena.
 

todo o homem é uma ilha

TODO O HOMEM É UMA ILHA (2015) de Diogo DeCalle (Lisboa, Portugal) encontrava-se na Quinta das Rosas mas a natureza já tomou conta do espaço.
 

projeto ciênciarte

Projeto ciênciarte (2016), liderado pela MiratecArts na Escola Cardeal Costa Nunes e a participação de alunos do secundário, Clube do Ambiente e da Universidade Sénior.
 
Nature Drops (2016), Martim Cymbron (São Miguel, Açores)
 
Projeto CiênciArte (2016 com Escola Cardeal Costa Nunes (Pico, Açores)
 
Adventure Time (2016), NAVI (São Miguel, Açores)
 
Pescando com Coração - Fishing with Heart (2016), Kas Art (Bélgica/Portugal)
 

MADALENA, Pico - Açores
associação miratecarts
info@mirateca.com

arte pública para todos apreciarem na vila da Madalena, Pico - queres participar?

public art for all to admire in the town of Madalena, Pico island in Azores, Portugal - COME VISIT US - wanna participate?

www
This site's design is only visible in a graphical browser that supports web standards,
but its content is accessible to any browser or Internet device.